Barradocunhau.com.br
Reserve
agora
Destino:
Chegada:
Sada:
0 noites
N pessoas:
Informativo
Conheça
 
 

Feche os olhos e imagine um rio desaguando numa praia. A imagem que veio à sua cabeça foi paradisíaca e maravilhosa? Sua mente estava certa, essa é Barra do Cunhaú. De acordo com a Revista Veja, a primeira impressão de quem chega aqui é de estar diante de uma enorme lagoa de água doce, em vez do Oceano Atlântico. As praias daqui que são calmas e a extensa faixa de areia quase deserta te fazem sentir num dos mais bonitos cenários do nordeste das novelas brasileiras.

Exibir mapa ampliado

Localizada no município de Canguaretama, Barra do Cunhaú possui lindas paisagens com coqueiros e rios de águas verdes e límpidas. Na praia, os recifes formam piscinas naturais para banho entre a foz dos rios Catú e Curimataú além das dunas. Um cenário perfeito para o descanso. Este ambiente hospeda a rica vida dos manguezais e dos criadouros de camarão em abundância no local.

A localidade apresenta uma boa infraestrutura para turismo, com pousadas e ótimos restaurantes. A gastronomia no local é abastecida em sua maioria por frutos do mar, como os deliciosos e suculentos camarões, lagosta, entre outros.


Barra do Cunhaú é inclusive, um pólo de carcinicultura, a produção de camarões em cativeiro. Nos últimos anos, as principais atividades econômicas de Barra do Cunhaú - que antes eram a pesca e a cana de açúcar - são a produção de camarões e o turismo. O Rio Grande do Norte é o segundo maior produtor de camarão do país e detentor da maior área cultivada em território brasileiro. Frente às condições ecológicas favoráveis, a região Nordeste, e em especial o RN, concentra a maioria das fazendas de cultivo de camarão no país com cerca de 1800 produtores. A produção atual do RN é de aproximadamente 400 toneladas mensais.

As opções são tantas, que você pode escolher um tranqüilo banho de rio nas águas do Curimataú ou o surf no Pontal da boca da barra. O kitesurf e o windsurf encontram também o lugar ideal para a prática, tanto no rio quanto na praia. E se você quer passar mais tempo e conhecer o estilo de vida pacato da cidade, é possível alugar uma casa modesta e passar o verão como fazem muitos potiguares, paraibanos e pernambucanos.


Origem
Sobre a sua origem, conta-se que a Barra do Cunhaú originou-se com a construção de um Fortim por marinheiros que aqui se demoraram pelo encalhe do seu navio, para se abrigarem e se protegerem enquanto aguardavam o resgate

Esse reduto foi atacado duas vezes, sendo a primeira em abril de 1634 e o segundo em outubro do mesmo ano. Os atacantes empreenderam uma ofensiva rápida e violenta, tomando o forte na noite de 21 de outubro. Houve crueldades inomináveis e os despojos foram transportados para um barco que foi a pique ao sair da barra. As ruínas do Fortim foram destruídas completamente pela ação do tempo e as águas do Atlântico.

Barra do Cunhaú pertence ao município de Canguaretama, sendo seu primeiro núcleo de colonização, a aldeia Gramació, hoje o município de Vila Flor.

Segundo o historiador potiguar Câmara Cascudo, Cunhaú significa "lugar onde as moças bebem água".